Para os fãs, o mundo das figuras de ação pode parecer, a primeira vista, complexo e muito custoso. No entanto, para os colecionadores, esses itens logo se tornam indispensáveis e são uma adição valiosa para as coleções. No Brasil, o mercado de figuras de ação tem se tornado cada vez mais popular, principalmente no caso das séries e franquias japonesas, cujos fãs, agora mais velhos, já deixaram de procurar brinquedos e passaram a se interessar pelos colecionáveis.  

Quem procura esse tipo de produto pela primeira vez pode encontrar alguma dificuldade em decidir qual item levar para a casa. A variedade de marcas e linhas é grande, por isso, encontrar o melhor produto pode ser difícil, principalmente para quem não está acostumado a esse tipo de compra.

Duas das linhas mais populares entre os fãs, as “S.H.Figuarts” e as “Figuarts ZERO”, são ótimas opções para quem tem interesse em adquirir figuras de ação para suas coleções. Já bastante conhecidas pelos colecionadores, essas duas linhas apresentam modelos tentadores que já foram licenciadas no país – ou seja, não há necessidade de importar e correr o risco de pagar as temidas taxas.

“Mas qual das duas linhas é melhor? Qual delas devo comprar?”. Confira a seguir um pouco mais das características desse itens!

S.H.Figuarts Bandai

Com grande variedade de produtos, o fã pode encontrar modelos das mais conhecidas franquias nessa linha: Pokémon, Naruto, Dragonball, Sailor Moon, e várias outras. E não somente as orientais. Modelos do Superman, Batman, Vingadores e até mesmo Star Wars também são contemplados e são uma boa opção para quem não pretende investir tanto em estatuetas desses personagens.

As “S.H.Figuarts” chamam atenção por serem articuladas. Muitos dos modelos vêm com, inclusive, peças (rostos, mãos, etc) para trocar e também com objetos e itens dos personagens. Não é raro também ver suportes, com pequenas garras para prender o produto na hora de posicioná-lo.

sh

E a posição é justamente o chamativo dessa linha. As figuras articuladas têm a vantagem de não virem em uma pose única. O colecionador pode moldar o produto da forma que quiser, criando poses e personalizando a posição do seu item, o que é bastante interessante para quem gosta, por exemplo, de fotografar as figuras em poses diversas – mas também para quem gosta de alterar o produto e reposicioná-lo de tempos em tempos.

O material não é, no geral, muito flexível e é preciso ter cuidado na hora de encaixar e desencaixar as peças, pois há certo risco de dano. Mas é claro, os modelos articulados são feitos já com esse objetivo, e portanto são pensados para reduzir o risco de danos. É somente uma questão de cuidado!

FiguartsZERO Bandai

A linha “FiguartsZERO”, também tem uma variedade grande de produtos das mais diversas franquias, embora menor que a anterior. Os produtos, no geral, também são um pouco mais caros, demandando um investimento maior por parte do colecionador. Os materiais e preços variam bastante, dependendo do tamanho do item e da quantidade de detalhes e efeitos adicionados no modelo.

No geral, esses modelos seguem mais o conceito de “estatueta” do que o de figuras de ação em si. Sem articulações, as poses das figuras são fixas e não permitem alteração. No entanto, dependendo do modelo, algumas detalhes e efeitos podem ser mais ou menos flexíveis. Porém, fica claro que o objetivo dessas peças não é a movimentação, embora o material pareça mais resistente e menos sujeito a danos.

zero

A falta de movimento e de peças extras são compensadas em poses bem trabalhadas e nas pinturas refinadas, tornando o item um modelo muito mais decorativo. Os detalhes também são inúmeros e, muitas vezes, a escultura da peça da a sensação de movimento, embora este não seja fisicamente possível.

Por ser fixa, os modelos geralmente vêm com uma base sem suporte e se sustentam por eles mesmos, o que valoriza o produto do ponto de vista estético. Aliás, a estética é justamente o que chama a atenção nas poses rebuscadas dessa linha.

Mas enfim, qual devo comprar?

A resposta, é claro, fica por sua conta. As duas linhas têm conceitos e objetivos bastante diferentes, portanto depende muito da intenção do colecionador qual delas adquirir – e, é claro, uma não elimina a outra. O que você pretende fazer com a figura e o quanto pretende investir são o que determinam que item será mais adequado para você.

Ambas as linhas são bonitas, bem trabalhadas e têm suas vantagens e desvantagens, dependendo do objetivo do colecionador. Cabe ao comprador decidir qual delas trará o maior custo-benefício, de acordo com sua intenção. Mas não tenha medo: qualquer uma delas será uma peça incrível para sua coleção! Não deixe de conferir o catálogo da Pens and Dolls e adquirir a sua.

 

FIGUARTSZERO

SHFIGUARTS