Texto de Henrique Oliveira Costa

Que Star Wars é uma das maiores franquias do nosso universo, isso todo mundo já sabe…agora, você amigo leitor que coleciona Kotobukiya, sabe qual foi o caminho que a franquia percorreu com esta tão amada empresa de estátuas?

Bom, a Kotobukiya como muitos sabem, sempre teve como foco a fabricação de peças de animes ou personagens japoneses. Atualmente, ela tem como principais linhas, estas três: Bishoujo, Marvel Comics e Star Wars. Deixaremos as duas primeiras citadas de lado, pois bem…

Depois do sucesso feito pela velha trilogia (Episódios IV, V e VI), houve um grande tempo de silêncio para os fãs da série. Apenas em 1999, houve-se uma nova esperança (sacou? heim?) com o lançamento do Episódio I – A Ameaça Fantasma nos cinemas. Com uma legião de fãs, somados ao sonho de ver Star Wars nas telas novamente, o filme foi-se um sucesso tremendo. Em 2002 houve a continuação, o Episódio II – O Ataque dos Clones. E foi nesse momento que a empresa Kotobukiya, muito conhecida em terras orientais pelas suas fabricações de estátuas, obteve uma licença da Lucasfilm para produzir as primeiras estátuas de Star Wars.

Foi aí que a empresa lançou sua primeira linha, baseada nos personagens do Episódio II, que até então, estava estreando nos cinemas. A linha foi composta por 6 peças do filme e 1 peça baseada no Episódio V (que até então era Darth Vader, a cereja do bolo Star Wars). Eram elas:

– Clone Trooper;

– Clone Trooper Commander;

– Anakin Skywalker;

– Jango Fett (que aquele que vos escreve, possui);

– Mace Windu & Yoda (que continha dois personagens em uma única peça);

– Obi-Wan Kenobi.

k3
Obi-Wan Kenobi

As peças foram lançadas na linha ArtFX da empresa, onde possuíam como principais características, a escala 1/7 (Cerca de 30 cm de altura, podendo variar por peça) e o fato da peça ser feita de Vinyl (podendo ter partes de plástico, como a lamina dos sabres de luz).

k4
Jango Fett – Foi a primeira peça que adquiri na minha coleção de Star Wars

Em 2003, a empresa não fez muitas apostas, sendo o ano mais fraco da empresa. Lançando durante o ano todo, apenas três “novas” peças. Duas destas peças eram ainda baseadas no recente Episódio II, enquanto a outra peça, baseada no Episódio IV – Uma Nova Esperança. As peças eram as seguintes:

– Clone Trooper Commander;

– Clone Trooper Lieutenant;

– Stormtrooper.

O Stormtrooper era uma peça que possuía um diferenciado detalhe. Nele era possível trocar a cabeça da estátua pela cabeça do Luke Skywalker. O que até então, era novidade na linha.

k5
Luke Skywalker in Stormtrooper Disguise

Até este ponto, a Kotobukiya também havia feito quatro peças dos Clones Trooper. A única desvantagem delas era em relação a sua pose, onde todos possuíam a mesma.

k6
Cadê a criatividade na pose?!?!?

2004 não foi muito diferente para a empresa. Lançou apenas quatro peças, mas diferente dos outros anos, nenhuma foi baseada no último filme até então lançado, o Episódio II – O Ataque dos Clones. Desta vez, três foram baseadas em personagens memoráveis da trilogia clássica, sendo duas do Episódio V – O Império Contra-Ataca e uma do Episódio IV – Uma Nova Esperança. Já na outra peça, temos o vilão do Episódio I – A Ameaça Fantasma, Darth Maul. Foram elas:

– Boba Fett;

– Han Solo;

– Yoda;

– Darth Maul.

k7
Propaganda japonesa da estátua do Yoda

 

Foi aí meus amigos, que no ano de 2005 o bicho pegou… lançado nas telas dos cinemas com o título Episódio III – A Vingança do Sith, o último filme fechou a Nova trilogia, totalizando 6 filmes da franquia.

k8
Episódio III – A vingança de Sith

Com o lançamento do filme novo, a Kotobukiya resolveu lançar DEZ novas peças. Dessa vez, cinco peças baseadas no novo filme, as outras cinco são de personagens do Episódio IV – Uma Nova Esperança. A lista é grande:

Episódio III – A Vingança do Sith:
– Clone Commander Bly;
– Clone Trooper -501st Legion;
– Scout Trooper;
– Darth Vader;
– Anakin Skywalker

Episódio IV – Uma Nova Esperança:
– Chewbacca;
– Sandtrooper Corporal;
– Sandtrooper Sergeant;
– Sandtrooper Squad Leader;
– Shock Trooper

k9
Clonetrooper – 501st Legion

No ano seguinte, a empresa manteve a linha com mais lançamentos. Resolveu lançar cinco peças, mas com um detalhe…seria a primeira vez que eles produziriam uma peça “repetida” em sua linha, que no caso seria o Darth Vader. E para não fazer feio, esta estátua do Darth Vader foi produzida em Peltre ao invés do Vinyl, dando aquele ar cromado ou de prata-de-filme-de-ficção-vintage na peça, que possui o mesmo modelo em versão de Vinyl, feita no ano passado.
Há quem diga que o Luke não conta como repetida (lembrando que o Stormtrooper lançado em 2003, trocava a cabeça pela a dele).

– Princess Leia – Versão Jabba’s Slave;

– Snowtrooper;

– Luke Skywalker – Bespin Fatigues;

– Darth Vader – Pewter;

– C-3PO & R2-D2.

Um ano bem interessante para a Koto, foi 2007, pois é considerado o ano em que mais teve estátuas lançadas da série. A Kotobukiya inovou utilizando pela primeira vez o conceito de BAF* em suas peças. No caso foram escolhidas seis peças para compor, que são formadas pelos seis Caçadores de Recompensas do Jabba The Hutt. As peças formavam uma estátua de Darth Vader. Esta série, é denominado chamada de The Bounty Hunter Series.

k12
Uma peça sem comparação

Outro diferencial foi a combinação de duas peças para compor um Diorama da cena de luta entre Obi-Wan Kenobi e General Grievous, em Utapau.

k13
Pra mim, só o Grievous já vale a pena ter… Não é à toa que é uma das minhas peças favoritas.

E para deixar este ano de 2007 ainda melhor, a Kotobukiya lançou como uma única peça, a cena de luta de Darth Vader contra Luke Skywalker, baseado em uma Concept Art de Ralph McQuarrie, que foi o artista conceitual dos episódios V e VI.

k14
Darth Vader vs. Luke Skywalker (Mc Quarrie Concept) – ainda bem que resolveram mudar essa aparência hehe

Lançou também pela primeira vez, a X-Wing Fighter, na mesma linha das demais peças, apenas sendo escala 1/35. O projeto inicial era fazer uma chamada Cross Section 3-D série, onde consistia em ter alguma “planta 3D” de uma nave, podendo desmontar certas partes e ver detalhadamente seu interior.

k15
Neste modelo, é possível abrir o “capô” e as turbinas da nave para ver os eu interior

Primeiramente lançada com pintura em 2004, Yoda foi recriado com o diferencial apenas de ser transparente, para se assemelhar ao espirito do Yoda, presente do Episódio VI. Ao ligar suas luzes, é capaz de emitir som das seguintes frase.

“May The Force Be With You”
– “No. Try not. Do or do not. there is no try.
– “You must feel teh Force around you.
Here, between you…me…the tree…the rock…everywhere !”
Como  nome de Yoda – Spirit of the Force, foi a primeira peça lançada que possuía luzes e com falas.

No mesmo ano, ocorreu a San Diego Comic Com 2007, onde a Kotobukiya lançou como peça exclusiva, o Clone Trooper 212th Attack Battalion UtapauI, baseado no batalhão ofensivo de clones que ajudaram Obi-Wan em Utapau, local onde ocorre também sua batalha contra o Comandante Supremo dos Separatistas, General Grievous.

k18
Clone Trooper 212th Attack Battalion Utapaul

A lista das peças lançadas neste ano, é composta por:

The Bounty Hunter Series (BAF Darth Vader):
– 4-LOM (Parte inferior do corpo);
– Boba Fett (braço esquerdo);
– Bossk (tronco e braço direito);
– Dengar (Sabre de luz, cabeça e dois braços direitos);
– Zuckuss (Capa);
– IG-88 (Base);

Diorama:
– General Grievous;
– Obi-Wan Kenobi;

– Clone Trooper – Utapau;

– Darth Vader vs. Luke Skywalker – McQuarrie Concept;

– X-Wing Fighter;

– Yoda – Spirit of the Force;

– Senate Guard.

Após este incrível ano, a Kotobukiya criou uma nova linha para Star Wars, conhecida como ArtFX+ (falarei sobre esta linha em uma outra hora). Devido à nova linha, a ArtFX ficou jogada de lado, voltando a ter novas peças apenas em 2011, com 3 peças bem chamativas.

A primeira delas, lançada em fevereiro, foi o Darth Maul. Até aí tudo bem, já tivemos uma peça dele antes MAAAS agora a pegada é outro meu amigo… A Koto inovou usando o estilo Ukiyo-E japonês para retratar esse tão querido Sith.

k20
Pra mim a melhor peça já feita, de toda a linha

Para quem não sabe ou tem preguiça de pesquisar, Ukiyo-E é um estilo de pintura que pertenceu ao século 16 do Japão e que retratava os “prazeres” e a vida urbana daquele século.

k21
Conception Art da peça antes da mesma ser produzida

A peça ainda possuía laminas transparentes do sabre de luz, para poder trocar e com auxílio de pilhas, poderia acender o sabre. A peça devido ao seu sucesso, foi relançada em 2014.

Já em julho, tivemos o lançamento do Commander Cody. A peça possui 1 braço esquerdo, direito e cabeça extras, podendo alternar sua pose conforme combinações entre as peças. Até então, isso era uma pseudo-novidade, pois o Stormtrooper trocava de cabeça com a do Luke, mas como na época, os lançamentos da empresa ainda eram obscuros, acabou que ninguém percebeu direito…sem falar que era apenas 1 cabeça.

k23
Exemplo utilizando todos os itens que vem com a peça. Note a posição dos braços e da cabeça.

E para finalizar este ano de 2011, temos mais um outro Darth Vader, baseado em sua aparência do episódio VI – O Retorno de Jedi. Pode se dizer que é a peça mais bizarra já criada nesta linha…

k24

Por que? Bom, é apenas um Darth Vader que possui pilhas para acender o sabre de luz, as luzes de sua armadura, e uma caveira dentro de seu capacete.

k26

Mas calma, existe uma explicação bem elaborada para isso. Segundo a Kotobukiya, a caveira azulada que aparece dentro do capacete, é para retratar a cena onde Darth Sidious dá uns “choquezinhos” no Darth Vader, onde na cena pisca partes de seu esqueleto durante o choque.

k27

Cada vez mais a linha ia sendo deixada de lado e morrendo. 2012 teve apenas 2 peças, porém interessantes. A primeira é uma representação da cena onde Yoda retira a X-Wing de Luke de dentro do pântano. Ela possui uma cabeça extra de Yoda, onde a diferença se mantem nos olhos (uma cabeça com olhos abertos e outra com olhos fechados) e Leds no gerador.

k28.png
Detalhe que as pedras estão “flutuando”

Já a outra peça, é o Ben Obi-Wan Kenobi, onde possuía uma grande beleza em sua pose e o capuz removível.

k29
Sinta o style do cara

Lembrando que em 2015, tivemos em dezembro o lançamento do sétimo filme da série, intitulado Episódio VII: O despertar da Força. Desta vez o filme chegou para quebrar os 11 anos de silêncio com a direção de J.J. Abrams, que disse que irá dirigir uma nova trilogia para a série.

k30
Poster do Episódio VII – O Despertar da Força

Muitos anos se passaram, onde houve muitos e muitos lançamentos na linha ArtFX+, enquanto a ArtFX acabou no esquecimento da empresa. Os colecionadores estavam torcendo por algo novo devido ao novo filme, mas só houve algo novo em 2016, com de novo esse cara! Darth Vader, onde ganhou olhos mais avermelhados, luzes de led em seu painel, alguns quilinhos! hehe

k31

A peça possui alguns detalhes e características interessantes, como por exemplo, seus encaixes são de plástico transparente (e não do mesmo material que a peça). Já no capacete, você pode ver detalhes da cabeça humana e que também a peça possui o pescoço articulado.

Houve muitas reclamações em relação à sua base, pois ela não possuía encaixes para fixar a peça sobre ela. Outro ponto questionado seria o material e resistência da base, pois ela além de ser de plástico, era muito fina e oca. A estátua fica apenas em cima da base, sem segurança ou fixação nenhuma.

Bom, neste mesmo ano tivemos o lançamento do primeiro spin-off intitulado Rogue One.

k34
Poster de Rogue One – A Star Wars Story

E devido aos novos filmes, muitas pessoas esperaram peças do novo filme nesta linha, que aos olhos dos colecionadores, vem morrendo aos poucos. Em 2015 e 2016, não houve nenhuma notícia, apenas em 2017 que anunciaram duas peças para a ArtFX, tendo apenas Kylo Ren em relação ao episódio VII e o DeathTrooper para o Rogue One.

k35
Destaque para os detalhes da neve na sua roupa

Não se tem muitas informações sobre a peça, pois foi recentemente anunciada na San Diego Comic Con 2016.  O único detalhe que podemos ver é que em sua base, temos a máscara derretida de Darth Vader, igual à mostrada no episódio VII.

k36
Ainda tento entender a lógica da máscara derretida na neve…

Já o Death Trooper está para ser lançado ainda (previsão para Maio). Sendo assim, temos apenas imagens e um pequeno detalhe…

k37

…A peça virá com um “bonequinho” de um Stormtrooper, igual a cena do filme.

k38
É cada referência que a gente fica até maluco

Bom pessoal, a linha ArtFX se resume a isto, pelo menos até 2017. Começarei a explicar sobre a linha ArtFX+ em breve.

 

botao-loja-virtual-pens